❝ Vá sempre além do que é esperado ❞

Facebook processa desenvolvedores por fraude em plataforma de anúncios

Facebook processa desenvolvedores por fraude em plataforma de anúncios
12 ago 2019

Segundo Facebook, desenvolvedores utilizaram técnica de injeção de cliques para aumentar artificialmente a quantidade de receita dos anúncios


O Facebook anunciou em seu blog oficial, na última terça-feira (6/8) que processou dois desenvolvedores de aplicativos sob a acusação de que os apps ganhavam dinheiro de forma fraudulenta na plataforma de publicidade da rede social.

O esquema utilizado recorre a uma técnica conhecida como injeção de cliques, onde aplicativos geram cliques em anúncios de forma fraudulenta sem o consentimento do usuário para aumentar artificialmente a quantidade de receita dos anúncios.

Influencers agora poderão ganhar dinheiro com grupos no Facebook

Jessica Romero, diretora de aplicação do Facebook, disse em seu post que a rede social entrou com uma ação contra os desenvolvedores por fraude de injeção de cliques. “Os dois desenvolvedores, LionMobi, com sede em Hong Kong, e JediMobi, com sede em Cingapura, geraram pagamentos não ganhos do Facebook por deturparem que uma pessoa real clicou nos anúncios”, escreveu.

Facebook processa desenvolvedores por fraude em plataforma de anúncios

“Os desenvolvedores disponibilizaram aplicativos na Google Play Store para infectar os telefones de seus usuários com malware. O malware criado por usuários falsos clica nos anúncios do Facebook que aparecem nos telefones dos usuários, dando a impressão de que os usuários clicaram nos anúncios”, completou.

De acordo com o TechCrunch, juntos, os apps somam mais de 207 milhões de downloads e ainda estão disponíveis na loja do Google. O Facebook garantiu, em seu post, que todos os anunciantes afetados foram reembolsados pelo Facebook em março deste ano.

× Como posso te ajudar?
Share This