❝ Vá sempre além do que é esperado ❞

Google lança serviço de compras para concorrer com Amazon

Google Assistant
20 mar 2018

[et_pb_section fb_built=”1″ admin_label=”section” _builder_version=”3.0.47″][et_pb_row admin_label=”row” _builder_version=”3.0.47″ background_size=”initial” background_position=”top_left” background_repeat=”repeat”][et_pb_column type=”4_4″ _builder_version=”3.0.47″ parallax=”off” parallax_method=”on”][et_pb_text admin_label=”Text” _builder_version=”3.0.47″ background_size=”initial” background_position=”top_left” background_repeat=”repeat”]

Novo programa Shopping Actions permite comprar diretamente pelo Google Assistant ou por anúncios exibidos no buscador


Google lançou discretamente um novo programa com foco no varejo online e, em outras palavras, um serviço que visa concorrer com a Amazon.com. Chamado Shopping Actions, o serviço permite usuários comprarem diretamente através de anúncios encontrados no buscador e através de comandos de voz no Google Assistant. A novidade, por enquanto, está disponível apenas para usuários e lojas nos Estados Unidos.

Caso você precise comprar um novo sapato ou quem sabe, mais sabão em pó, você pode pedir ao Assistant, tanto no aplicativo que habita o seu smartphone quanto no Google Home. Ele coletará o seu pedido e pedirá permissão para acrescentar no carrinho o produto solicitado ao chamado Google Express. Da mesma forma, você poderá comprar diretamente pelos anúncios exibidos no resultado de buscas.

A grande sacada aqui é que o Google permitirá comprar de diferentes lojas e concluir a compra em um só lugar. Claro, a essa altura, o Google pedirá pelos dados do seu cartão de crédito. Em troca, as lojas darão ao Google uma porcentagem de cada compra feita pelo serviço. Vale ressaltar que a porcentagem aqui é distinta do pagamento que marcas e lojas fazem ao Google para exibir anúncios patrocinados. As lojas só pagarão ao Google quando compras forem concluídas.

Shopping Actions

Entre as companhias parceiras do novo programa estão Walmart, Target e Home Depot. Segundo o Google, a companhia começou a testar o programa depois de observar que as buscas móveis por produtos aumentaram 85% nos últimos dois anos.

Em entrevista a Reuters, o presidente da divisão para varejo e compras do Google, Daniel Alegre, disse que a gigante de tecnologia está encorajando empresas a verem a novidade como um aliado contra a Amazon. “Nós tomamos uma abordagem fundamentalmente diferente da Amazon, porque nós nos vemos como um habilitador do varejo. Como parte de uma solução para o varejo para permitir melhores transações”. A companhia ainda não anunciou planos de lançar o programa para outros mercados.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

Share This
× Como posso te ajudar?