❝ Vá sempre além do que é esperado ❞

Mercosul deverá anunciar fim do roaming internacional

Mercosul deverá anunciar fim do roaming internacional
15 jul 2019

Anúncio dos presidentes dos países deve sair na quarta-feira (17); Congresso precisará votar a medida para acabar com as tarifas


A próxima quarta-feira (17) deverá ser uma data decisiva na telefonia móvel dos países do Mercosul. É esperado que o bloco anuncie medidas para acabar com a cobrança do roaming internacional. A tarifa é devida quando o cliente utiliza seu plano de celular fora do país de origem.

Com o fim das cobranças de roaming, fica muito mais fácil para que os turistas se comuniquem enquanto viajam para Argentina, Uruguai e Paraguai. Atualmente, as operadoras cobram por isso, e utilizar o celular durante uma viagem pode se tornar uma brincadeira cara no final do mês.

O anúncio deverá ser feito em conjunto pelos presidentes dos quatro países. Caso tudo se confirme, a medida ainda deverá ser votada e aprovada pelos congressos dos respectivos países para que tudo comece a valer.

6 apps para afastar de vez a procrastinação e aumentar a produtividade

Até o presente momento não foi divulgado nenhum prazo previsto para que a novidade entre em vigor. O bloco segue o exemplo da União Europeia, que acabou com tarifas de roaming em 28 países.

Mercosul deverá anunciar fim do roaming internacional

Para as operadoras Claro e Vivo será mais fácil cumprir as novas exigências: a Claro é uma multinacional e possui operadoras em todos os países-membro do Mercosul, enquanto a Telefónica, dona da Vivo, atua na Argentina e Uruguai, ficando de fora apenas do Paraguai. Oi e TIM precisarão mais do que nunca das operadoras parceiras.

A grande vantagem em eliminar as tarifas de roaming é a redução nos custos. O roaming sempre foi um serviço caro — para conseguir utilizar o celular sem ser no modo avião, muitos acabam comprando um SIM card de uma operadora local para escapar das altas cobranças. Além disso, planos do pré-pago e controle costumam pagar tarifas ainda mais altas do que em planos pós-pagos.

Brasil também fez acordo de roaming com o Chile

Em novembro do ano passado, o Brasil firmou um acordo com o Chile (que não faz parte do Mercosul) que prevê a eliminação do roaming internacional para telefonia móvel e transmissão de dados. A medida está dentro do Acordo de Livre Comércio com o país; a intenção é que a tarifação deixasse de existir em até um ano.

Quanto custa utilizar o celular no exterior

Atualmente, quem viaja para o Mercosul paga as seguintes tarifas:

Claro

  • No pós-pago, o cliente pode adquirir uma diária de internet por R$ 29,90 com 50 MB de dados. As ligações para o Brasil custam US$ 3,53, enquanto uma chamada local ou chamada recebida custa US$ 1,67 por minuto.
    • A operadora também possui o Passaporte Américas, que custa R$ 119,90 por ano (parcelado em 12 vezes) para clientes do pós-pago e está embutido nos planos pós-pagos atuais. O Passaporte permite usar sua franquia de dados em 18 países da América; além disso, é possível ligar para qualquer operadora do Brasil e para números locais do país visitado, usando os minutos do plano.
  • No controle, a chamada originada e recebida custa R$ 3,29 por minuto. O serviço de dados está disponível com a cobrança de R$ 2,99 por megabyte trafegado
  • No pré-pago, a chamada originada e recebida custa R$ 3,39 por minuto. Você paga R$ 2,99 por megabyte trafegado.

Oi

Apenas clientes do pós-pago conseguem utilizar roaming internacional. A operadora vende um pacote mensal de 500 MB ao custo de R$ 99,90 por dia, assim como um pacote diário de 1 GB pelo valor de R$ 189,90. Para ligações, um pacote com 50 minutos de ligações custa R$ 59,90. Caso o cliente opte pela tarifação avulsa, o minuto de chamada efetuada ou recebida custa US$ 1,94.

TIM

  • No pós-pago, a diária de internet contém 500 MB por R$ 39,90 na América do Sul. É possível contratar um pacote semanal de 3 GB ou 5 GB, pelos valores de R$ 199,50 e R$ 279,30, respectivamente. Um pacote mensal com 8 GB custa R$ 598,50. Para chamadas de voz, a tarifação é de R$ 2,49 por minuto originado ou recebido.
  • No controle ou pré-pago, a chamada originada e recebida custa R$ 4,49 por minuto. O serviço de dados está disponível com a cobrança de R$ 33 por megabyte trafegado.

Vivo

  • No pós-pago, a operadora vende uma diária contendo voz e dados por R$ 39,90. O cliente pode utilizar até 1 GB de internet por dia na Argentina e Uruguai e 200 MB por dia no Paraguai, fazer 50 minutos em ligações locais ou para o Brasil, receber chamadas e enviar SMS sem limites.
  • No controle ou pré-pago a chamada originada e recebida custa R$ 2,99 por minuto. O serviço de dados está disponível com a cobrança de R$ 2,90 por megabyte trafegado.
  • No Vivo Easy, a chamada originada ou recebida custa R$ 0,10 por minuto. O serviço de dados está disponível com a cobrança de R$ 0,10 por megabyte trafegado. No entanto, clientes desse plano estão temporariamente impossibilitados de fazer a recarga para serviços internacionais.

Nextel

O serviço está disponível apenas para clientes de planos pós-pago. A Nextel não possui acordo de roaming com operadoras do Paraguai, mas sim na Argentina e Uruguai.

A operadora vende um pacote de créditos custando R$ 69,99, e o cliente pode usar tanto para voz, dados ou SMS. O minuto de ligações ou SMS custa R$ 1,75, e o megabyte de internet custa R$ 0,35. Fazendo as contas, o pacote dá direito a 200 MB de internet, 40 minutos ou 40 SMS.

 


Fonte: TecnoBlog

Share This
× Como posso te ajudar?