Escolha uma Página

Ranking da KPMG colocou a Nubank entre as 10 principais startups financeiras e ressaltou que empresa é o maior banco, fora da Ásia, que que desafia os tradicionais


As startups brasileiras NubankGuiabolso Geru estão entre as 100 fintechs mais inovadoras do mundo, segundo ranking da KPMG divulgado nesta semana. A Nubank, que recentemente recebeu aporte de US$ 200 milhões da gigante chinesa Tencent está na sétima posição da lista elaborada em parceria com a empresa H2 Ventures. No ano passado, a fintech estava na 12ª posição.

No documento, David Vélez, um dos fundadores da Nubank, afirma que mais de 20 milhões de pessoas já aplicaram para receber o cartão de crédito sem anuidade e que os clientes da companhia são “enjados”. Atualmente, avaliada em mais de US$ 4 bilhões em valor de mercado, a fintech conta com 5 milhões de usuários do cartão, enquanto 2,5 milhões assinaram para ter o serviço de conta digital. Segundo o relatório, a Nubank já configura na quinta posição como operadora de cartão de crédito no Brasil e o maior banco que desafia os tradicionais fora da Ásia.

A lista da KPMG e H2 Ventures é dividida em duas partes: as 50 empresas definidas como estabelecidas e as 50 tidas como emergentes. O aplicativo brasileiro Guiabolso também integra o primeiro grupo e nesta edição se encontra na posição de número 46, tendo subido dois “degraus” desde o ano passado. Fundado em 2012, o Guiabolso é um aplicativo de controle financeiro do usuário que se “integra” com as contas bancárias dos mesmos, entregando informações em tempo real e gráficos para chamar atenção da saúde financeira daqueles que o utilizam. Nos últimos anos, a startup tem concentrado esforços em tecnologia e, mais recentemente, em inteligência artificial para tornar o app mais inteligente e preventivo. A fintech possui hoje uma base de 3,5 milhões de usuários. Vale lembrar que o Guiabolso, desde setembro, permite clientes do Nubank sincronizarem a plataforma aos dados da conta corrente NuConta.

Já a Geru fez sua estreia na lista na categoria “empresas emergentes”. O serviço é um marketplace digital de empréstimos pessoais. Fundada em 2013, a empresa desenvolveu o seu próprio sistema de pontuação de crédito usando modelos tradicionais e de dados. A escolha da KPMG para as primeiras 50 posições leva em conta a capacidade de inovação e de captar recursos, o tamanho da empresa, a área de atuação e o poder de influência. Já para as empresas emergentes entram no critério a tecnologia de inovação e os novos modelos de negócios propostos ou já adotados.

Quem está no topo

Quatro das 10 fintechs que ilustram o topo do ranking são gigantes chinesas. O relatório lembra que essas empresas saíram do setor de varejo na China, seguros e da internet, como é o caso da Alibaba e JD.com. O documento também reforça o investimento da Tencent Holdings na Nubank e em outras startups mundo afora. Confira a lista das 10 fintechs mais inovadoras do mundo:

1. Ant Financial

2. JD Finance

3. Grab

4. Du Xiaoman Financial (Baidu Financial)

5. Sofi

6. Oscar Health

7. Nubank

8. Robinhood

9. Atom Bank

10. Lufax

Os Estados Unidos são o país com mais empresas na lista (18 no total), seguidos pelo Reino Unido, com 12, pela China, com 11, e pela Austrália, com 7.