Escolha uma Página

Se você possui um site ou blog em WordPress o tráfego orgânico é essencial para o seu sucesso, é a partir de uma boa estratégia de SEO que o seu site vai alcançar uma boa posição nos buscadores e, consequentemente, gerar mais visitas gratuitas. No entanto, para otimizar seu site o Google exige uma série de fatores, entre eles, um site seguro.

PHP - WordPress - DM - Soluções Web

Em meio aos elementos que envolvem a segurança no mundo digital está a linguagem PHP, que por sua vez sofre constates atualizações. Porém, a partir do dia 31 de dezembro de 2018, versões PHP 5.6 e 7.0 não receberão mais atualizações de segurança e acarretarão mais vulnerabilidade a mais da metade dos usuários do WordPress.

Com um site menos seguro, naturalmente, os robôs de busca entenderão o seu site como danoso ao usuário e o tráfego orgânico irá despencar. Mas não se preocupe, em nosso artigo te mostraremos tudo o sobre a linguagem PHP, o que você precisa para identificar qual está utilizando e, se necessário, atualizá-la da forma correta.

O que é PHP?

Utilizado, principalmente, para criar conteúdo dinâmico e extensões de integração de aplicação o PHP (Hypertext Preprocessor) é uma linguagem de script, inserida no código HTML, própria para desenvolvimento web. Criada em 1995, ela vem se atualizando constantemente e, portanto, ganhando novos atributos.

Fácil de manusear e compatível com a maioria dos sistemas operacionais (Windows, Mac e Linux) e bancos de dados (MSSQL, MySQL, DB2 e etc) o PHP torna-se uma das linguagens com baixo custo de manutenção, portanto, uma das mais utilizadas no mercado. No entanto, a partir do momento que a atualização da sua programação se torna defasada, o seu site pode ficar exposto.

Como as versões PHP 5.6 e 7.0 podem prejudicar seu site WordPress?

No PHP, o suporte de segurança é programado para expirar em determinada data, que é definida, pelo próprio site oficial, como “período de fim de vida”. Um site com a programação expirada se tornará vulnerável a ataques de hackers. Portanto, quem está utilizando tanto a versão 5.6 quanto a 7.0, cujos períodos de fim de vida ocorrem, respectivamente, em 31 e 3 de dezembro de 2018, estarão inseguros.

Segundo a própria seção de estatísticas do WordPress, 57% dos usuários do CMS utilizam uma das duas versões que estão para expirar (cerca de 37,1% correspondem a versão 5.6 e 19,9% a outra), isto é, melhor ficar todos atentos e verificar se o seu site se encontra dentro desse grupo de risco. Pensando nisso, detalhamos a melhor maneira de detectar as características da sua programação.

Como saber qual versão do PHP está sendo utilizada em seu WordPress?

Atualmente, o PHP conta com a versão 7.2 e continuará, periodicamente, se atualizando e proporcionando novas funcionalidades ao público. Mas como identificar qual está em vigor em seu WordPress? Continue lendo o nosso artigo e veja as maneiras mais simples para verificar qual versão da linguagem está atuando em seu site.

Para descobrir qual a versão PHP do seu site de forma prática basta entrar eu seu painel de controle, no respectivo servidor de hospedagem, e encontrar a subdivisão que aborda a linguagem, mas, caso prefira, existe o plugin, do próprio WordPress, “phpinfo()” que funciona de forma intuitiva e tem a função somente de analisar esse dado.

Se, após a visualização, a versão que está sendo utilizada em seu site encontrar-se dentro do grupo de risco, é imprescindível que a atualização seja feita, no próximo tópico explicaremos passo a passo como fazer.

php-info

php-info-server

Como atualizar o PHP 5.6 ou 7.0 do seu WordPress?

Caso surja a necessidade de fazer atualização da sua linguagem PHP, você pode simplesmente contatar o seu servidor de hospedagem e verificar se há suporte para tal tarefa, ou fazer manualmente via cPanel.

Ao optar por fazer a atualização via cPanel, você deverá pesquisar por PHP Version Manager, que pode estar em locais diferentes dependendo do seu host, navegar até o diretório em que seu site está localizado e, por fim, selecionar uma das versões disponíveis. Vale lembrar que quanto mais recente, melhor o desempenho.

Quais as vantagens de estar com o PHP atualizado?

Além de permitir as atualizações de segurança, manter em seu site uma versão atual do PHP em seu WordPress, melhorará o desempenho e a performance ao seu site. Com os novos recursos de programação será possível notar aperfeiçoamento, principalmente, na velocidade e compatibilidade com plug-ins.